Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.bahiana.edu.br:8443/jspui/handle/bahiana/258
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPinto, Elen Beatriz Carneiro-
dc.contributor.refereesDias, Cristiane Maria Carvalho Costa-
dc.contributor.refereesCastro, Martha Moreira Cavalcante-
dc.contributor.refereesFilho, Jamary de Oliveira-
dc.contributor.authorSantos, Gláucia da Silva-
dc.date.accessioned2016-10-28T19:08:38Z-
dc.date.available2016-10-28T19:08:38Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.urihttp://www7.bahiana.edu.br//jspui/handle/bahiana/258-
dc.description.abstractIntrodução: A Esclerose Lateral Amiotrófica é a forma mais comum das doenças do neurônio motor caracterizada pela perda progressiva de motoneurônios. As alterações clínicas decorrentes da ELA irão comprometer funcionalmente o sistema motor e respiratório do paciente. Objetivo: Caracterizar o quadro evolutivo da função respiratória dos pacientes com a Esclerose Lateral Amiotrófica espinhal e bulbar. Casuística e métodos: trata-se de uma coorte prospectiva cujo desfecho primário é a caracterização clinica e funcional da ELA, recrutados de um ambulatório assistencial. Para avaliação funcional respiratória foi realizada as medidas da capacidade vital, do pico de fluxo expiratório e da avaliação da força muscular. Para a avaliação da capacidade funcional foi aplicada a escala Revised Amyotrophic Lateral Sclerosis Functional Rating Scale-BR e a escala Amyotrophic Lateral Sclerosis Assessment Questionnaire para a avaliação da qualidade de vida. Resultados: A amostra foi composta por 17 pacientes na primeira avaliação da coorte, que apresentaram uma média de idade para os pacientes com a ELA da forma espinhal de 51,00±9,00 anos. Os pacientes com a forma espinhal da doença apresentaram em todas as avalições as médias da capacidade vital forçada e da pressão expiratória máxima maiores que as observadas nos pacientes com a forma bulbar da doença. Conclusão: Os pacientes com a forma bulbar da Esclerose Lateral Amiotrófica apresentavam maior comprometimento de todos os parâmetros da função respiratória quando comparados aos pacientes com a forma espinhal da doença.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola Bahiana de Medicina e Saúde Públicapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Tecnologias em Saúdept_BR
dc.publisher.initialsEBMSPpt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectEsclerose Lateral Amiotróficapt_BR
dc.subjectFunção Respiratóriapt_BR
dc.subjectCapacidade Funcionalpt_BR
dc.subjectQualidade de Vidapt_BR
dc.titleCaracterização do quadro evolutivo da função respiratória dos pacientes com esclerose lateral amiotróficapt_BR
dc.typedissertaçãopt_BR
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Disertac_a_o Gla_ucia da Silva 11 marc_o_22_03.pdf2,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.