Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.bahiana.edu.br:8443/jspui/handle/bahiana/6056
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMenezes, Marta Silva-
dc.contributor.authorGarcia, Carolina Pedroza de Carvalho-
dc.date.accessioned2022-06-01T11:15:53Z-
dc.date.available2022-06-01T11:15:53Z-
dc.date.issued2018-03-12-
dc.identifier.urihttps://repositorio.bahiana.edu.br:8443/jspui/handle/bahiana/6056-
dc.description.abstractIntrodução: Nas últimas décadas, tem-se observado que a educação e a prática interprofissional em saúde, como estratégias de desenvolvimento da interprofissionalidade, são objetos de interesse, tanto das Organizações Estatais, como das instituições de Ensino Superior formadoras de profissionais de saúde. Assim, considera-se como uma das demandas para reorganizar as práticas de saúde, ancoradas nos princípios e diretrizes do SUS, a formulação de novas propostas para a formação de profissionais de saúde, na perspectiva da interprofissionalidade, ou seja, de uma formação que fomente a capacidade crítico-reflexiva e colaborativa, na direção da constituição de sujeitos para a transformação social. Se insere nesse contexto, o PET-Saúde/Redes Bahiana que desenvolveu práticas interprofissionais e de cuidado em redes, na Rede de Atenção Urgência e Emergência, no âmbito da atenção primária, secundária e terciária. Objetivo: A tese tem como objetivo geral analisar as contribuições do PET-Saúde/Redes Bahiana na formação interprofissional de estudantes da área da saúde. Métodos: Empreendeu-se uma experiência de aprendizagem na formação profissional, na qual alguns aspectos foram valorizados, tais como: o contato com o mundo do trabalho em saúde; aprender a trabalhar junto com as diferentes profissões de saúde; a busca de propostas que pudessem dar retorno a problemas reais que envolviam aspectos científicos, culturais e relacionais. Toda essa construção se deu a partir de uma práxis pedagógica, que considerou a relação entre a objetividade das ações do programa e as subjetividades construídas no cotidiano do trabalho, marcando, sempre, a importância do processo dialógico. A pesquisa está constituída como um Estudo de Caso, de métodos mistos e contempla quatro artigos. Resultados/Conclusão: Os resultados encontrados revelaram que as práticas interprofissionais vividas no PET-Saúde/Redes Bahiana provocam mudanças no percurso formativo em saúde, quando acontecem concomitantemente a uma práxis pedagógica, que proporciona a expressão das resistências, dos conflitos, do diálogo, dos sentimentos e com isso, o estudantes podem perceber, no processo de ensino-aprendizagem, suas lacunas e suas potencialidades para intervir na realidade e ter uma visão crítica de sua própria atuação na equipe. Desta forma, pode-se afirmar que as vivências interprofissionais dos estudantes, alinhadas a uma práxis pedagógica, foram geradoras de aprendizagens em acontecimento, disparadoras de processos cognitivos e afetivos, constituintes da pessoa em permanente mudança no seu contexto histórico e cultural de formação profissional.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola Bahiana de Medicina e Saúde Públicapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Medicina e Saúde Humanapt_BR
dc.publisher.initialsEBMSPpt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectFormação em saúdept_BR
dc.subjectInterprofissionalidadept_BR
dc.subjectPráxis Pedagógicapt_BR
dc.titleContribuições do pet-saúde/redes bahiana na formação interprofissional em saúdept_BR
dc.typetesept_BR
Appears in Collections:Teses de Doutorado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.